Últimas Postagens

Muçulmano se converte após ler a Bíblia: “Lágrimas rolavam dos meus olhos enquanto eu lia”

By 16:30


Todo cristão sabe que a Bíblia Sagrada não é apenas um conjunto de livros doutrinários, históricos e poéticos acerca de Deus e sua revelação através de Jesus Cristo. Ela é a Palavra viva, eficaz e libertadora dos que a leem buscando a Verdade sobre o propósito do Senhor para a vida humana. Foi isso o que descobriu Jay, um ex-muçulmano que se converteu ao cristianismo após ler o sermão da montanha registrado no livro de Mateus.

Jay, cujo nome verdadeiro foi omitido por razões de segurança, nasceu no Afeganistão. Ele foi doutrinado desde muito cedo na religião islâmica. Por ser de uma família considerada radical, ele aprendeu que a “jihad” (guerra santa) teria que ser praticada em algum momento da sua vida, o que lhe fez pensar em entrar para os grupos terroristas da região.

Entretanto, Jay percebeu que havia algo estranho em sua doutrina. Devido a intervenção dos Estados Unidos no Afeganistão após o 11 de setembro de 2001, Jay e sua família pediram asilo no Reino Unido no mesmo ano, como refugiados da guerra. Apesar de não estar plenamente convencido dos ideais islâmicos, Jay contou que ainda cogitava praticar o que os extremistas lhe ensinaram sobre ataques terroristas.

“Eu fui doutrinado, radicalizado e me tornei um extremista. O extremismo islâmico estava me dizendo para fazer a minha jihad em algum lugar. Quanto mais profundamente eu entrava na religião islâmica, mais extremista eu ficava”, disse ele para o The Christian Post.

Angustiado com a religião que lhe parecia cada vez mais contraditória, Jay entrou em depressão. Ele decidiu então abrir sua mente e pesquisar outras religiões, em 2013. Foi em suas buscas online que ele conheceu o cristianismo, mas apenas em 2014 ele ganhou a sua primeira Bíblia, de um funcionário que trabalhava em seu comércio, no Reino Unido:

“Eu estava lendo o Sermão do Monte e lágrimas rolavam dos meus olhos enquanto eu lia. Senti que alguém me perfurava o espírito quando Cristo falou na Bíblia: ‘ame seu inimigo’. Eu estava me sentindo como: ‘espere um minuto, há uma pessoa que me diz para eu matar todos os judeus e cristãos, onde quer que os encontre e me dizendo para espancar minha esposa e todas essas outras coisas’. Eu teria feito isso porque acreditava nisso. Então, aqui está Jesus me dizendo para amar o meu inimigo. Era como se houvesse algo errado com essa religião”, disse ele.

Apesar de já ter esse contato, a situação emocional e espiritual do rapaz já havia se deteriorado muito, especialmente por conta da pressão que sofria dos familiares e outros muçulmanos lhe que faziam ameaças devido a sua conversão. Em um ato de desespero, ele resolveu tomar 100 comprimidos para tirar a própria vida, em 2015.

Ele foi socorrido e se recuperou, mas ainda na Inglaterra tentou se matar novamente: “Eu conheci o Deus Pai, Deus o Filho. Eu acredito no Espírito Santo, mas isso era algo que eu precisava para entender completamente”, disse ele.

A vida do ex-muçulmano mudou completamente após conhecer um médico nigeriano que lhe convidou para visitar a sua igreja nas proximidades de onde o rapaz mora, em Kent, Reino Unido:

“Foi lá, em junho de 2015, que eu fui batizado pelo Espírito Santo, que eu aproximei-me de Cristo e da Bíblia. Eu li toda a Bíblia duas vezes. Se não fosse por esse médico nigeriano, eu teria feito algo estúpido. Graças a Deus, ele me salvou de uma maneira tão milagrosa porque descobri que em todo momento Deus me deu livramentos”, disse Jay.

Fonte: Gospel Mais

VEJA TAMBÉM

0 comentários

Críticas construtivas serão sempre aceitas, mas comentários com palavrões/chingamentos serão automaticamente excluídos!