Últimas Postagens

Ladrão se arrepende, devolve carro roubado e deixa carta pedindo perdão

By 22:48


Um assaltante arrependido tomou a iniciativa de devolver os bens que havia roubado e escrever uma carta explicando que uma série de infelicidades o fizeram agir de forma reprovável.

O caso, registrado na cidade de Guarapuava (PR), envolveu o furto do carro do técnico em informática Thiago Sene. O ladrão aproveitou quando o rapaz estacionou o carro e deixou a chave no contato enquanto entregava um computador para um cliente.

Sene afirmou que tudo aconteceu em um curto espaço de tempo: “Quando olhei já não estava mais lá”, disse. Na entrevista à emissora RPC, afiliada da TV Globo, a esposa do técnico em informática, Cleiviane Sene, afirmou que eles divulgaram o caso em redes sociais com telefone para contato e registraram um boletim de ocorrência.

Enquanto eles saíram pela cidade à procura do carro na companhia de um amigo, o ladrão se arrependeu e deixou o carro em um estacionamento de uma loja, a pouco mais de dois quilômetros do local onde havia feito o furto, e entrou em contato com o proprietário horas depois, no número de telefone que havia sido deixado na publicação das redes sociais.

Como Thiago Sene e a esposa já haviam encontrado o veículo no momento da ligação, o ladrão afirmou que tinha deixado os pertences dentro de uma sacola no local onde aconteceu o furto.

Para a surpresa do casal, quando encontraram os itens, havia uma carta escrita de próprio punho: “Minha vida era tranquila. Eu tinha paz, tinha emprego, tinha tudo que precisava, mas me separei de Deus e minha vida virou de cabeça pra baixo”, diz um trecho da carta do ladrão.

“Comecei a beber, perdi meu bebê, bati o carro, perdi emprego e a minha mulher quer me deixar. Não justifica o que eu fiz, o mal que causei a vocês. Me perdoem. Vou buscar a Deus”, acrescenta.

Perdoado

O casal retirou a queixa e afirmou que o ladrão estava perdoado, na entrevista à RPC. A esposa do técnico em informática acrescentou ainda que eles gostariam de ajudar o rapaz, mas ninguém atende as ligações no número fixo usado pelo ladrão para informar que estava devolvendo o que havia roubado.

“A carta que ele deixou pra gente mostra que o caráter dele não é de um malandro. A gente acredita no arrependimento do ser humano. Ele se arrependeu, da nossa parte está perdoado”, disse Cleiviane. “Eu quero dar essa força pra família dele, tanto espiritualmente quanto financeiramente”, acrescentou.

Confira a carta escrita pelo ladrão arrependido:




Fonte: Gospel Mais

VEJA TAMBÉM

0 comentários

Críticas construtivas serão sempre aceitas, mas comentários com palavrões/chingamentos serão automaticamente excluídos!