Últimas Postagens

Líder muçulmano ressuscita após experiência sobrenatural com Jesus, se converte e passa a evangelizar

By 17:25


O testemunho de conversão de um imã muçulmano ao Evangelho envolve uma experiência sobrenatural e sua ressuscitação momentos antes do enterro. O relato do caso foi feito por missionários da Bibles 4 MidEast.

Identificado pelo nome fictício de Munaf Ali, por razões de segurança, o imã de 46 anos liderou por muito tempo uma mesquita na região onde vivia, e certo dia recebeu a visita de um grupo de missionários em sua casa, e ouviu deles a mensagem do Evangelho, contrariado.

Quando os missionários da Bibles 4 MidEast deixaram o local, Munaf expressou toda sua fúria com aquela situação e planejou um ataque aos cristãos. Para tanto, reuniu uma turba de extremistas muçulmanos que frequentavam sua mesquita e foi até o local onde o grupo estava baseado, com gritos de “Allahu Akbar” (“Alá é grande”, em árabe).

Ao chegarem no destino, no entanto, não encontraram ninguém e assim o protesto se dispersou. Poucos dias depois, Munaf estava no caminho de volta para sua casa após ter liderado a tradicional oração de sexta-feira na mesquita quando desmaiou. Nesse momento, passou a ter visões de demônios que o cercavam para “levar sua alma”.

Essa experiência foi relatada por Munaf aos missionários posteriormente. Ele contou que no meio do tumulto, enquanto os demônios tentavam matá-lo, Jesus apareceu acompanhado por um exército de anjos, afugentando os demônios, e oferecendo a ele uma oportunidade de redenção.

“O primeiro Adão desobedeceu a Deus e pecou sob influência de satanás. Eu sou o segundo Adão, a Palavra de Deus, o Messias, Filho do Altíssimo. Eu nasci sem pecado para redimir o primeiro Adão e todos os seus descendentes, inclusive você. Tenha fé em mim e seja minha testemunha. Eu darei sua vida de volta, pois tenho autoridade para dar vida”, disse Jesus a Munaf durante essa experiência.

Porém, as visões não foram apenas um momento de inconsciência: Munaf foi encontrado caído e dado como morto. Seus parentes já haviam levado seu corpo para ser preparado para a cerimônia de velório e sepultamento, quando ele voltou à vida, assustando todos os presentes.

Em meio àquele tumulto, Munaf tentou explicar o que havia acabado de vivenciar, a mensagem que tinha recebido e o significado do Evangelho aos parentes, mas a reação de todos foi achar que ele estava louco.

Nas semanas que se seguiram a esse episódio, Munaf continuou a falar sobre Jesus ao parentes e amigos, dizendo que havia se transformado em um cristão, já que tinha crido no Evangelho e reconhecido o nazareno como Filho de Deus e Salvador.

O resultado de tudo isso é que Munaf passou a ser perseguido pelos antigos amigos, foi destituído da posição de imã e removido da liderança da mesquita. Assim, ele agora se dedica a evangelizar, apesar das perseguições, todas as pessoas da comunidade, assumindo a liderança de uma nova igreja local.

Fonte: Gospel Mais

VEJA TAMBÉM

0 comentários

Críticas construtivas serão sempre aceitas, mas comentários com palavrões/chingamentos serão automaticamente excluídos!