Últimas Postagens

Curada de AVC hemorrágico

By 11:30


“Eu tinha doze anos quando sofri um AVC hemorrágico (Acidente Vascular Cerebral), com oitenta e sete por cento de chance de morrer, segundo os médicos. Caso eu sobrevivesse, eu seria tetraplégica ou louca”, conta Larissa de Oliveira Barbino, de 20 anos, moradora de Suzano, São Paulo. “Quando fui levada ao hospital, eu estava em convulsão e o médico achou que eu estava drogada, fizeram exames e viram o sangramento cerebral, então me levaram para uma cirurgia urgente. Eu estava contada entre os mortos”.

Enquanto Larissa era socorrida, ela conta que a família quem buscou por sua vida. “Minha mãe dobrou os joelhos no hospital, em desespero e orou para que o sangramento parasse. Ela dizia que não acreditava, mas no desespero, pediu ao Deus do Apóstolo e antes que eu fosse operada, ela me disse que Deus já havia parado de sangrar e não foi preciso que eles fizessem uma cirurgia. Meu avô veio para a Cidade Mundial dos Sonhos de Deus para pedir oração por mim, buscar óleo para ungir, passar pela imposição de mãos e Deus fez o milagre por mim”.
Depois de três dias, Larissa recobrou a consciência. “Eu estava respirando por aparelhos, alimentada por sonda, sem andar, nem falar nada, mas ouvia tudo o que os médicos falavam e pedia a ajuda de Deus. Eu comecei a clamar a Deus em pensamento e queria escapar. Sabia que não havia cura para o AVC hemorrágico e que o derrame poderia ter acabado com minha vida, mas eu estava consciente, então tive fé que Deus faria a obra por completo e Ele fez. Recebi alta falando, andando, curada e não tenho nenhuma sequela do derrame, para glória de Jesus”.



VEJA TAMBÉM

0 comentários

Críticas construtivas serão sempre aceitas, mas comentários com palavrões/chingamentos serão automaticamente excluídos!