Últimas Postagens

Obedeça a Deus

By 12:00


Jonas 1: 1 nos conta que Deus deu a ele uma tarefa, o mandou para Nínive, mas o profeta fugiu para Tarsis, o lado contrário. Deus sempre tenta nos dizer o que fazer e muitos de nós tentamos ir ao lado contrário. No caso de Jonas era pior porque ele era um pregador e era uma ordem. Ele tinha suas razões, não justificadas, mas tentou fugir.

Alguém pode fugir da presença de Deus? Ninguém pode. Assim como não podemos fugir dos problemas, dos desafios. Fugir nunca é solução, pode parecer uma saída no primeiro momento, uma forma de contornar, mas não resolve, temos de enfrentar as dificuldades. 

Por conta da fuga de Jonas, veio uma tempestade e o navio onde ele estava foi despedaçado. Ele não estava sozinho no barco, mas todos acabaram atingidos também. Uma pessoa carregada de culpa e de pecado pode amaldiçoar e amarrar a vida das pessoas perto dela, tanto quanto uma pessoa carregada de bênçãos pode ajudar pessoas ao redor dela. O diabo, através de um, leva sofrimento para a família inteira e Deus, através de um, leva bênção para a família inteira e a presença do abençoado é mais poderosa, porque Deus sempre prevalece.

Jonas estava carregado de culpa e de pecado enquanto fugia de Deus, então todos foram atingidos com ele. Na hora do aperto, cada marinheiro no navio clamava ao seu deus, mas não ao Verdadeiro Deus, enquanto o barco despedaçava, ao ponto de afundar. E Jonas dormia, profundamente, no meio da tempestade. Quantos que fazem o mesmo, a coisa feia para o lado dela e a pessoa sem despertar, como se nada acontecesse, sem conseguir reagir, enquanto tudo desaba ao redor dela e ela continua a perder. Ao invés de lutar, se entregam.

Os marinheiros acordaram Jonas e lançaram sorte para saber quem era o motivo. A sorte caiu em Jonas, descobriram que ele era o problema. Jonas sabia por que aquilo acontecia, porque ele fugia da presença de Deus. Deus está em todos os lugares, o que nos é um conforto, porque ainda que você ande pelo vale da sombra da morte, ou pelo mais fundo do mar, Deus estará conosco. 

Deus também não nos obriga a ser pastores, bispos, nem a servir na obra, então nenhum de nós deve fazer como Jonas. Se Deus nos manda a algum lugar, temos de ir ou seremos amaldiçoados como Jonas. Quem escolhe fazer a obra, não escolhe para onde vai. A bênção do Senhor está onde Ele nos manda ir. 

Os homens relutaram até o último momento e, quando viram que não poderiam lidar, lançaram Jonas ao mar. Viram que o Deus de Jonas era Deus e fizeram o que Jonas pediu, que era o lançar no mar, aqueles homens tiveram sua vida salva. Assim que Jonas caiu no mar, Deus preparou um peixe. A bíblia não fala que peixe era. Até nisso tem a misericórdia de Deus, pois se não viesse o peixe, Jonas morreria afogado no meio do mar. Deus preservou a vida dele, o peixe era um livramento para dar oportunidade a Jonas se arrepender.

"Deus não tem prazer na morte de ninguém, muito menos de seus servos."

A bíblia diz que Jonas clamou e reconheceu que fez o mal. Todos os dias, Deus dá oportunidades para que as pessoas reconheçam seu mal também. Haverá um momento em que tudo passará e quem aceitou a Jesus será salvo, enquanto os demais serão condenados. Deus não quer condenar ninguém, mas a dureza do coração das pessoas tem feito com que a vida delas caminhe para essa condenação, enquanto Deus continua usando de misericórdia. Você tem de aproveitar a oportunidade. Jonas, engolido pelo peixe, teve tempo para parar e pensar no que acontecia na vida dele.

Quando Jonas se arrependeu, foi vomitado na terra, em Nínive. Não adianta fugir, nem era carma, nem destino, foi o perdão de Deus, mas é preciso dar continuidade. Vida de pastor é assim, temos de pregar a palavra e é uma bênção. Jonas foi a Nínive e pregou. Não precisava ter acontecido nada antes, era só ele ter ido lá pregar, mas desobedeceu, gastou dinheiro comprando uma passagem para onde nunca chegou, quase matou toda a tripulação, que perdeu toda a carga, tudo por causa do pecado do Jonas. O pecado bagunça a vida do sujeito e de quem está perto também.

A pregação de Jonas foi tão forte, Deus foi de tal forma com ele, que a cidade inteira atendeu ao clamor e ao pedido. Isso é o que Deus tinha preparado para ele, a cidade inteira se arrependeu. Na bíblia toda não houve casos como este e a cidade era a maior de sua época. Até o rei se arrependeu. Jonas queria fugir disso. Onde você menos espera estão nossas bênçãos, porque nada sabemos, enquanto Deus sabe de todas as coisas, faça o que Ele diz que aí está a vitória, a bênção decorrente da obediência. Ao obedecer a Deus, bênçãos virão sobre sua vida. Para muitos de nós, não basta apenas a fé, é necessário que façamos como Jonas, nos arrependamos e voltemos às primeiras obras. Deus não muda por nossa causa, somos nós é quem temos de nos adaptar a Deus. 

O povo se arrependeu e Jonas não ficou feliz da vida, mas se desgostou e se irou. O trabalho dele era levar as pessoas a se arrependerem e se voltarem a Deus e o Senhor o abençoou, então ele fica mal. Só mesmo Deus para entender o ser humano. Jonas ficou revoltado porque Nínive era uma cidade pecadora e, na cabeça do profeta, deveria morrer, mas Deus é bom e os queria salvos. O trabalho foi bem sucedido e Jonas pediu a morte. Deus criou uma planta sobre ele e a matou dia seguinte, para demonstrar a Jonas a misericórdia Dele para com a vida naquela cidade, o cuidado e o carinho que Deus tem por nós. Deus espera que nós, pastores, estejamos satisfeitos, que Deus honrará nosso trabalho.

Bispo Jorge Pinheiro
Igreja Mundial do Poder de Deus

VEJA TAMBÉM

0 comentários

Críticas construtivas serão sempre aceitas, mas comentários com palavrões/chingamentos serão automaticamente excluídos!