Últimas Postagens

Duas vezes campeã

By 11:00

Antes de conhecer a Igreja Mundial do Poder de Deus, praticamente todos os conhecidos de Rita de Cássia Pereira Reis, 20, não acreditavam poderia vencer em circuitos de competição mundial de artes marciais. "Eu me esforçava e queria minha vaga na Seleção Brasileira, tinha várias medalhas, mas ninguém me dava a oportunidade, todos achavam que eu não era suficientemente capaz".

Rita subia ao altar para testemunhar como isso mudou. Com mais de trezentas medalhas, a jovem de Manaus, no Amazonas, hoje é considerada a terceira melhor do mundo em sua categoria de peso ligeiro. "Foi através da fé, de muita oração, que conquistei a chance para a Seleção. Sei que foi Deus quem abriu as portas e me esforcei e jejuei sempre antes de cada competição. Inclusive, fui ao Japão participar das lutas, onde me tornei terceira melhor do mundo. Nas lutas no Japão, amarrei uma toalhinha Sê Tu Uma Bênção no meu quimono e venci duas lutas consecutivas por wipon. Credito a Deus cada vitória e quero ainda conseguir competir nas Olimpíadas que virão. Esta obra abriu portas e, agora, todo mundo me contrata para lutar. Deus me fez campeã".

VEJA TAMBÉM

0 comentários

Críticas construtivas serão sempre aceitas, mas comentários com palavrões/chingamentos serão automaticamente excluídos!