Últimas Postagens

Duas vezes testemunhos

By 21:12

Por duas vezes, durante a reunião do dia 14 de Abril de 2015, a moradora de Cruz Alta no Rio Grande do Sul, Lúcia Léia Silva Souza, de 69 anos, subiu ao altar para testemunhar. Da primeira vez, ela trazia a cura do neto e a libertação do filho. "Quando meu neto nasceu, ele foi diagnosticado com uma doença degenerativa no exame do pezinho. Repetiram o exame nele duas vezes e indicaram para que ele fosse transferido até Porto Alegre para tratamento", explica a respeito do neto Cauê Victor Bittencourt de Lima Almeida, de um ano e nove meses. Cauê era vítima de uma hipertripsinemia um caso raro que aos poucos destrói os nervos afetados diretamente pela produção excessiva de hormônios pela medula óssea, que são os líquidos sinoviais, afetando todas as artérias do corpo.

"Quando Cauê chegou a Porto Alegre, antes de o levarmos ao exame, trouxemos para a Igreja Mundial do Poder de Deus para que ele recebesse uma oração. Ligamos para o programa, jejuamos e fomos para o templo. Naquele mesmo dia, Jesus tocou na vida do Cauê como já havia tocado na vida do pai dele e, quando fez os exames, meu neto já estava curado para glória de Jesus", conta Lúcia. 

Já o pai de Cauê, anos atrás, foi parte do motivo da conversão da família. "Meu filho, Cristiano Soares de Almeida, hoje com 34 anos, sofreu muito e nos causou tanta preocupação por causa de vício nas drogas. Passava alguns períodos como usuário, tentava parar e, dado pouco tempo, recomeçava. Na última crise, ele ficou três anos usando drogas. Com um ano que ele havia voltado para o vício, conheci a Igreja Mundial do Poder de Deus e comecei a clamar pela vida dele. Dois anos depois, Cristo alcançou meu filho e o libertou das drogas", relata Lúcia, que há seis anos é membro da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Finalmente, após a oração do Bispo Pereira, Lúcia testemunhava, agora por si. "Não falei nada porque queria testemunhar as minhas dores, tive fé que Deus me curaria. Eu sofria com osteoporose, então os ossos do meu corpo todo doíam. Durante a oração, coloquei a toalhinha Sê Tu Uma Bênção sobre a cabeça e ao jogar as mãos para o alto, senti os braços fortalecerem e o corpo todo queimar. Quando dei por mim, não tinha mais dor nenhuma. Deus é fiel".

VEJA TAMBÉM

0 comentários

Críticas construtivas serão sempre aceitas, mas comentários com palavrões/chingamentos serão automaticamente excluídos!