Últimas Postagens

Natal

By 16:48

Chegamos a mais um final de ano. Em breve estaremos comemorando mais um Natal. As lojas, casas e ruas já estão enfeitadas com luzes e bolas coloridas. A figura do Papai Noel também é notória em todas as partes, principalmente nos comerciais da televisão. Nas ruas as pessoas já estão naquela correria frenética, atrás das compras, dos presentes e preparativos para a ceia. Mais parece o fim do mundo do que o fim do ano. 

Meditando na história do nascimento de Jesus Cristo, registrada tanto no livro de Mateus como de Lucas, é possível observarmos a importância que os relatos dão para algumas pessoas anônimas que fizeram parte deste grande acontecimento. Em Lucas os anônimos são os pastores que estavam apascentando as suas ovelhas quando foram avisados pelos anjos que o Salvador havia nascido. Não se sabe os nomes destes pastores, mas eles foram os primeiros a receberem a informação sobre o nascimento de Jesus e também foram os primeiros a divulgar o Evangelho (As Boas Novas ou As Boas Notícias).

Outros anônimos que aparecem no relato do nascimento de Jesus, desta vez no livro de Mateus, são os reis magos. Apesar da tradição dizer que eram três e de darem nome a eles (Baltazar, Gaspar e Belchior), a Bíblia não menciona nem os seus nomes e nem quantos eram exatamente. A questão é que eles foram de suma importância para o sustento da família de Jesus em sua escapada da fúria de Herodes para o Egito. O ouro, o incenso e a mirra, com que presentearam o menino, com certeza, foram uma providência divina para que José, Maria e Jesus pudessem sobreviver no exílio, até a morte de Herodes.

Essas pessoas entraram e saíram da história sem alarde. Após o breve relato na Bíblia, nunca mais foram mencionados nas Escrituras. Pouco se sabe sobre estes personagens, mas não se pode negar o quanto foram agraciados em participar do acontecimento que mudou o rumo da história mundial. Tanto os reis magos como os pastores sabiam exatamente o que significava o nascimento de Jesus Cristo. Em Mateus está registrado que os magos se prostaram e adoraram o menino (Mateus 2:11). Já Lucas relata que os pastores “voltaram glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, como lhes havia sido dito” (Lucas 2:20).

Devemos seguir o exemplo destes personagens anônimos. Eles ajudaram a construir o verdadeiro sentido do Natal, que é o de receber e anunciar a vinda do Senhor. Essa correria toda, muitas vezes, impede que as pessoas parem para pensar, refletir sobre o que mais importa. A maioria esquece que essa data foi reservada para se comemorar o nascimento daquele que veio para salvar a humanidade. Se todos tivessem essa consciência, o momento seria apenas de reflexão e não de festejos desenfreados.

Nosso desejo é que todos tenham um Natal abençoado e que o Ano Novo seja repleto de grandes realizações, na Paz do Senhor Jesus. 

VEJA TAMBÉM

0 comentários

Críticas construtivas serão sempre aceitas, mas comentários com palavrões/chingamentos serão automaticamente excluídos!