Últimas Postagens

Ex-membro de gangue testemunha conversão: “Nunca havia me arrependido do que fiz”


O jovem Gilbert nasceu em uma família bastante incomum. No lugar de oferecer bons exemplos, seus pais e o tio eram membros de uma gangue de rua muito violenta, chamada “King Cobras”. Consequentemente, o desejo dele era se tornar um fiel integrante do grupo.

“Eu queria ser aceito por meus tios e minha mãe. Eu queria assumir a tradição de ser um membro de gangue”, disse ele, explicando que se espelhava no comportamento dos familiares. “Eu queria ser rude como eles e ser forte como eles. Roubar, matar. Queria fazer parte disso”.

Após receber um “batismo” de entrada na gangue através de uma sessão de espancamento dado pelo próprio tio, Gilbert iniciou no mundo do crime quando tinha apenas 16 anos, se envolvendo com drogas e nos conflitos com outras facções de rua.

“Usava cocaína e não me importava. Isso era normal para nós. Se não tivéssemos drogas, era simplesmente estranho. Fazia parte da cultura das gangues, usar drogas, ficar chapado e bêbado”, disse ele.

Assim como muitos, Gilbert achava que seria imponente, para sempre durão e que nada aconteceria de mal o suficiente para lhe fazer enxergar o quão frágil essa vida terrena pode ser, até que um dia ele entrou numa briga e foi esfaqueado.

“Eu me lembro de ter sido levado para o pronto-socorro e eles teriam de me costurar. Eu estava muito machucado nas costas. Parei para pensar na vida. Queria mudar, pois já não poderia mais viver desse jeito ou acabaria morrendo”, lembra.

Mudança de vida
Mesmo quando saiu do hospital, Gilbert ainda não havia aprendido a lição. Em seguida ele foi preso por se drogar publicamente. Sem dinheiro para pagar a fiança, pediu a sua namorada, Karen, que por sua vez pediu a mãe dela para ajudar.

A mãe de Karen, no entanto, uma cristã devota, viu que Gilbert e sua própria filha precisavam entregar suas vidas para Deus, foi quando ela teve uma ideia muito inteligente, dizendo que só daria o dinheiro da fiança se os dois fossem visitar a igreja dela.

“E eu lembro de ir. Eu ainda estava de ressaca”, disse Gilbert. “Não prestei atenção ao sermão porque eu estava com medo da mãe de Karen, ela estava cantando no coro. Ela desceu os degraus e achei que ela ia me dar um tapa, mas ela estendeu a mão para mim e isso me chocou”.

No primeiro dia Karen entregou sua vida para Deus: “Eu pensei, ela realmente vai fazer isso? Ela realmente vai seguir Jesus? Como ela fez esse compromisso?”, lembra o namorado, que alguns dias depois voltou para a igreja e resolveu conversar com o pastor, que lhe ensinou sobre o evangelho.

“Ele me disse quem é Jesus e o que Ele fez por nós. E sabendo que esse Deus amoroso morreu por meus pecados, eu estava sentindo tanto peso em meu coração, porque eu nunca havia me arrependido do que fiz. Nunca me senti culpado pelas pessoas que espanquei ou feri, ou quase matei”, disse Gilbert para a CBN News.

“Eu nunca havia chorado tanto. Lembro também de colocar tudo em Deus, pois queria mudar. Não queria mais ter aquele estilo de vida”, lembra ele, destacando que após sair da gangue e decidir começar uma vida nova, a paz do Espírito Santo invadiu o seu coração e lhe trouxe o perdão:

“A maneira que eu senti naquele momento foi com muita paz. Sabendo de tudo o que eu fiz na minha vida, Ele me perdoou naquele momento”.

Fonte: Gospel Mais

Música Cristã


O aplicativo MUSICA CRISTIANA é a melhor alternativa para ouvir música em seu smartphone, tablet ou qualquer outro dispositivo com o sistema operacional Android .
MUSICA CRISTIANA tem um design moderno e um grande prazer, é de fácil navegação para que você possa encontrar todas as músicas e louvor cristão rapidamente.

Aqui você vai ouvir as melhores músicas cristãs de todos os tempos , e os melhores artistas cristãos .
- Musica do Hillsong
- Musica do Marcela Gandara
- Musica do Jesus Adrian Romero 
- Musica do Lilly Goodman 
- Musica do Third Day
- Musica do Marcos Witt
- Musica do Hermana Glenda
- Musica do Roberto Orellana
- Musica do Alex Campos
- Musica do Miel San Marcos
- Musica do Matt Redman
- Musica do Chris Tomlin
- Musica do Annette Moreno

Você também vai encontrar as melhores gêneros de música cristã
- Louvor e Adoração
- Christian Bachata
- Christian Balada
- Christian Contemporary
- País cristão
- Christian Eletrônica
- Christian Funk
- Gospel
- Hip Hop cristão
- Christian Children
- Jazz Christian
- Christian metal
- Pop Christian
- Christian Punk
- R & B cristã
- Christian Rap
- Christian Reggae
- Christian Reggaeton
- Rock cristão
- Christian Salsa





Download: Google Play

“Descobri que a água da vida é para quem crê em Jesus”, diz xeique após se converter


O testemunho de conversão de um xeique muçulmano ao cristianismo foi compartilhado por um grupo de missionários que evangelizam na Europa. O homem, nascido e criado no islamismo, sonhou com Jesus após ouvir o Evangelho, e decidiu entregar sua vida ao Filho de Deus.

Sadik* (nome fictício adotado por questões de segurança) estava de férias com a família na Alemanha quando foi abordado por um grupo de missionários cristãos árabes, da organização CRU, em uma área comercial.

De acordo com informações do portal God Reports, o representante da missão CRU, Mike Duggins, relatou que essa é uma estratégia muito eficiente: “Todos os anos, homens, mulheres e famílias da Península do Golfo Árabe passam férias na Europa. E os membros da equipe da CRU estão compartilhando o Evangelho com esses turistas, aproveitando cada oportunidade”.

Os missionários, de origem árabe como os turistas que são abordados, iniciam conversas com turistas desses países, distribuindo recursos cristãos e acompanhando o discipulado. “Em Munique, o missionário Mehdi* conheceu um xeique chamado Sadik na rua. O irmão de Sadik havia se tornado cristão, o que o entristecia. Mas ele disse que se o cristianismo fosse verdade, se alguém conseguisse convencê-lo disso, ele acreditaria”, contou Duggins.

Uma das missionárias, chamada Nafisa*, aproximou-se de Mehdi e Sadik e conversou com ambos por um longo tempo. A certa altura, Nafisa questionou o xeique: “Você tem medo de que isso possa ser verdade?”.

A pergunta “à queima-roupa”, segundo Duggins, deixou Sadik sem resposta. No dia seguinte, Mehdi e Nafisa estavam de volta à rua, distribuindo material cristão e foram surpreendidos por Sadik, que retornou ao local para conversar mais com os missionários.

De acordo com Mike Duggins, a postura de Sadik estava diferente, e o desejo de conversar com os missionários era sincero. Ele revelou que havia tido um sonho na noite anterior e que sua percepção estava diferente.

“Eu estava no deserto correndo e estava com sede. Eu vi você lá, Nafisa. Você estava vestindo um manto branco, com uma cruz na frente e nas costas, e você estava oferecendo água fresca. Eu pedi água, mas você não me dava!”, introduziu o xeique.

Sadik acrescentou que quando despertou do sonho, imediatamente reconheceu a fonte que havia visto. “O sonho mudou meu coração! Eu sabia que era de Deus e que a água da vida é apenas para aqueles que acreditam em Jesus. Então eu orei para que eu encontrasse vocês novamente, o que aconteceu agora!”, afirmou.

Dessa forma, no meio da rua em uma área comercial, ele inclinou a cabeça com os dois missionários e fez sua oração para se entregar a Jesus Cristo. “O missionário Mehdi conseguiu continuar em contato com ele, discipulando-o, enquanto ainda estava naquela viagem missionária”, concluiu Mike Duggins.

Fonte: Gospel Mais

A História do Albogue


O albogue é um instrumento pertencente à família dos instrumentos de aerofone . É um instrumento de sopro que consiste em um tubo de madeira cujas extremidades são 2 pedaços de chifre, um deles maior que o outro, o maior serve para amplificar o som e o pequeno serve para colocar em seu interior um cana para a qual foi feita uma incisão para transformá-lo no órgão sonoro como uma simples cana. No tubo de madeira vários buracos são praticados, o habitual no albogue são três furos na parte superior e um na parte inferior.

A palavra albogue parece derivar do árabe "al-BUQ" (البوق) (literalmente, "a trombeta" ou "o chifre"). Este tipo de instrumento é encontrado em várias culturas, alguns estudiosos indicam que poderia ter origens asiáticas embora devesse ser um instrumento que apareceu em vários lugares ao mesmo tempo. É um instrumento usado por pastores e menestréis.

Na Espanha existem diferentes tipos de albogues, todos documentados e com nomes diferentes, dependendo de onde eles vêm. No País Basco é chamado alboka Basco e é uma derivação do albogue, uma vez que tem dois tubos, um deles com cinco furos e outro com três furos e eles cobrem uma escala de La a F sustentada. Há albogues em Navarra , Castela , Madri (chamada gaita serrana) e Andaluzia (em Cádiz se chama gastoreña ). Há notícias sobre seu uso em outros países, como Marrocos , Grécia , Índia , Grã-Bretanha (o pechão galês ou escocês), Rússia , Finlândia e até algumas regiões da América do Sul . Algumas albogues têm uma alça sob a cana para poder segurar melhor o instrumento; exemplos disso podem ser vistos na Igreja Colegiada de Toro (em um instrumento de tubo único) e nas Cantigas de Santa María (com um pedaço de duas varas). No País Basco que manuseia ou jugo ainda é usado, chamado uztarri, dando a circunstância de que ele também se tornou a marca dos fabricantes, uma vez que cada um usa um design diferente e ornamentos para se diferenciar dos outros.



Fonte: Wikipedia

‘Obrigado’: Luã Freitas apresenta seu novo clipe


O cantor Luã Freitas lançou o clipe Obrigado no canal da MK Music no YouTube, na última segunda-feira, 09 de julho.

O vídeo, no formato que a gravadora define como “music session”, tem produção da empresa BME Multimídia.

A música é parte do repertório do álbum “Simples“, lançado este ano pela MK Music. O próprio Luã Freitas assina a composição de Obrigado.

“Ele é um talento maravilhoso, de Deus, tem uma musicalidade tremenda. Uma dessas oportunidades que fico olhando e pensando que Deus realmente está olhando para a MK. Vocês vão amá-lo! O clipe dele é lindíssimo, assim como sua voz, sua simplicidade. É exatamente isso que vocês vão encontrar no seu CD: a simplicidade de Deus agindo em nossas vidas, no nosso coração. Aquela forma de cantar tão intimista”, elogiou Marina de Oliveira, na ocasião do anúncio da parceria com a gravadora.

Anteriormente, o cantor havia lançado o clipe Nada é Em Vão, logo após a assinatura de contrato com a gravadora.


Fonte: Gospel Mais

Capas Para Facebook: Amizade


Hoje, eu trago para vocês, capas com o tema AMIZADE