Últimas Postagens

Comunidade da Zona Sul lança o álbum Serôdia


A Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul lançou, na última sexta-feira (19), o seu primeiro trabalho inédito em seis anos. Trata-se do disco Serôdia, que conta com distribuição da gravadora carioca MK Music e disponível nas plataformas digitais.

Com produção musical e arranjos do tecladista Ruben di Souza, que já trabalhou com artistas e bandas como Aline Barros, Livres para Adorar, André Valadão e Discopraise, o disco é o primeiro trabalho da banda carioca desde A Casa, lançado em 2011.

Além de Ruben, o disco conta com a participação de músicos como o engenheiro de som Bill Reinikova, o guitarrista Paul Moak, os cantores Paloma Possi, Paulo Zuckini e Rodrigo Mozart, além do baixista Rogério dy Castro, ex-integrante das bandas Rebanhão e Primeira Essência.

As composições são todas da própria banda. Letristas como Edson Feitosa, Julia Peixoto e Aline Barros são responsáveis pela maior parte do repertório, que é cantado por Peixoto, Feitosa, Barros, além da participação da cantora Bruna Karla. A gravação se deu em janeiro deste ano, no estúdio da igreja.

O single escolhido para a obra é a faixa de abertura, “O Senhor É Bom”, de autoria do integrante Edson Feitosa. A canção foi liberada no canal da gravadora MK Music em lyric video e, nas plataformas digitais, está liberada desde o início deste mês.

Faixas do CD
1. O Senhor É Bom
2. Vivemos por Algo Maior
3. Nada Vai nos Separar
4. Grandioso
5. Não Nego Minha Fé
6. Do Nascimento do Sol
7. Incendiaremos
8. Aleluia
9. Santo, Justo
10. Vem, Senhor
11. Vamos com Tudo


Fonte: Gospel Prime

Traficante ateu é curado após oração e se converte


Mark Edwards, mais conhecido como MC Tempo é um rapper cristão inglês que vem tendo um bom alcance com eventos evangelísticos que misturam música e pregação. Hoje pastor de jovens na Centro Cristão de Sutton, igreja localizada no sul de Londres, ele teve uma adolescência muito atribulada e aos 19 anos já era um traficante internacional de drogas.

Ateu, ele disse que não tinha interesse nenhum em questões espirituais. Parte de seu tempo era dedicado a promoção de festas rave ilegais, onde se vendia muita droga. Contudo, a exposição constante aos autofalantes lhe rendeu um problema de saúde que resultou na surdez do ouvido esquerdo.

Sem muita perspectiva de futuro, ele envolveu-se com o crime até que um dia tudo mudou. Após muita insistência de um amigo de infância, ele aceitou participar de um evento numa igreja evangélica em Brighton.

Um evangelista fazia uma cruzada no local, que atraiu cerca de mil pessoas. “Este cara chamado Ram Babu era o convidado da noite. Subiu no púlpito e começou a orar e profetizar”, lembra Edwards.

“Eu pensei que ele era louco, mas então ele apontou seu dedo para mim. Disse que sabia que eu era surdo na orelha esquerda e que Deus queria me curar”, lembra. “Não havia como ele saber que eu era surdo. Era meu segredo e as pessoas que estavam comigo naquela noite não sabiam”.

Babu chegou perto dele, declarou ‘Deus te ama’ e começou a orar. “Tudo o que me lembro é que eu apaguei, e quando voltei a mim, podia ouvir claramente com os dois ouvidos, algo que não acontecia há anos”, sublinha.

Edwards aceitou a Jesus naquela noite e compara sua experiência com a de Paulo no caminho para Damasco. Depois de um tempo, começou a compor raps com temática cristã. Ele explica: “Eu já era um rapper, a temática religiosa veio mais tarde. Quando descobri a fé, as mensagens cristãs começaram a aparecer naturalmente na minha música”.

Para o MC Tempo, o que sua música faz não é tentar ditar regras de comportamento, mas despertar as pessoas. “Muita gente acha que a religião cristã é só um bando de leis morais, mas não, é um relacionamento saudável com Jesus”.

Há dois anos ele passou a integrar o corpo pastoral de sua igreja e criou um evento semanal no clube noturno Legacy. Focado no público jovem, no local não há venda de bebidas alcoólicas. Trata-se de uma oportunidade para as pessoas ouvirem música e sempre tem alguém com uma mensagem ou testemunho, assegura.

O novo single, e clip, do MC Tempo, chama-se “Ovelha Negra”. Lançado este mês, ele conta como a fé em Deus lhe deu nova visão da vida. Com informações de Charisma News

Fonte: Gospel Mais

Mandisa lança o álbum Out of the Dark


A cantora Mandisa está de volta ao meio musical após quatro anos sem lançar um novo disco. Desta vez, a intérprete lançou Out of the Dark, disponível nas plataformas digitais de streaming musical com distribuição da gravadora Capitol.

Sucessor de Overcomer (2013), o projeto traz a artista após um período de depressão que, atualmente, está sendo tratado. “Minha esperança é que as pessoas estarão nesta jornada comigo. No início, eu estava em um lugar realmente escuro, mas onde estou hoje é muito melhor e muito mais leve!”, afirmou a artista.

De acordo com Mandisa, a depressão lhe sobreveio depois que uma amiga próxima morreu de câncer. “Isso realmente me fez descer para o mais profundo abismo de desespero que eu já estive na minha vida. Eu estava questionando tudo sobre a bondade de Deus e por que Ele permite que coisas assim aconteçam”, afirmou.

“Eu não atendia mais as ligações, não respondia às mensagens de texto, basicamente me fechei no meu mundo”, disse Mandisa que, com o episódio depressivo, ganhou mais peso e parou de desempenhar suas atividades cotidianas.

Mas o tratamento surgiu com a ajuda de amigos. “Eles me amaram o suficiente para não me deixar onde eu estava. Eles literalmente foram até o poço onde eu estava e me puxaram para fora. E Deus realmente usou eles como se fossem suas mãos para me levantar”.

Faixas do CD
1. Voicemail Intro
2. I’m Still Here
3. Out of the Dark
4. Unfinished
5. Bleed the Same Intro
6. Bleed the Same
7. Comeback Kid
8. What You’re Worth
9. Dear John Praise Report
10. Good News
11. Prove Me Wrong
12. MothDisa Interlude
13. The One He Speaks Through
14. Shine
15. My First Love
16. Shame Off
17. Keep Getting Up
18. Back to Life


Fonte: Gospel Prime

Antigo Testamento - Vol. 5 - A Travessia do Mar Vermelho


Em A Travessia do Mar Vermelho e Outras Histórias, você irá conhecer um dos mais fascinantes personagens bíblicos: Moisés, um homem escolhido por Deus para livrar Seu povo do cativeiro e guiá-lo à Terra Prometida. 

Prepare-se para ver um mar se abrindo, dando passagem ao povo do Senhor, e tantos outros prodígios que só o Todo-Poderoso é capaz de realizar na vida daqueles que nEle confiam. 

Emoções e aventuras esperam por você em mais quatro belas histórias, contadas por Midinho, o Pequeno Missionário, e sua turma. 

Neste DVD, você aprenderá sobre: 

- O salvamento de Moisés 
- Deus fala com Moisés 
- Deus fala com o Faraó 
- A Travessia do Mar Vermelho 

Classificação: Livre 
Idioma: Português 
Extras: Curiosidades bíblicas 
Compre esse desenho: aqui aqui aqui

Paulo Nazareth e Marcos Almeida apresentam música com Os Arrais


O projeto O Liturgista e o Trovador, desenvolvido pelos cantores Paulo Nazareth e Marcos Almeida, está prosseguindo em seus ares. Após o lançamento de vários singles em 2016, como “Não Há Mais Segredo” e “Olhar de Longe”, a dupla apresenta a canção “Pulmões”, gravada com a colaboração de André e Tiago Arrais, do duo Os Arrais.

A faixa que, por enquanto, foi liberada com exclusividade na plataforma de streaming musical Deezer, faz uma mescla do estilo e identidade dos quatro músicos que participam da canção. Parte das gravações foram divulgadas em uma foto por Nazareth, no final de março deste ano.

Depois do hiato anunciado pela Crombie, Nazareth segue com seus projetos solo, em colaboração com vários artistas, além de participações em eventos com artistas como Amanda Rodrigues, Samuel Mizrahy, Gabriel Iglesias e Rico Ayade.

Marcos Almeida, por sua vez, tem se apresentado pelo país e divulgou, recentemente, gravações da música “Lá em Casa”, que faz parte do repertório de seus shows, além de sua participação em vários projetos lançados, como o de Hélvio Sodré (Som e Silêncio).

Os Arrais, por sua vez, estão preparando um lançamento para junho. Trata-se do EP Rastros e Trilha. Será o primeiro trabalho do duo desde o projeto As Paisagens Conhecidas, um combo de CD/DVD lançado pela Sony no final de 2015, com direção de Hugo Pessoa.


Fonte: Gospel Prime

Reconheça a Jesus em todo tempo, em todos os seus caminhos



Jesus não foi dado por preço de resgate por esta ou aquela igreja, por esta ou aquela religião. Quando sequestradores capturam alguém, eles cobram um preço dos parentes para que a pessoa não seja morta. Nós estávamos condenados e Jesus foi dado por preço de resgate não por alguns nem por muitos, mas por todos. 

A nossa chance veio de Deus, que permitiu dar o seu Filho por nós, por isso ninguém nunca poderá tirar sua oportunidade e sua chance, você irá vencer. Na páscoa, dia de hoje, comemorarmos essa ressurreição de Jesus Cristo e, com Ele, a nossa vitória. 


Durante trinta e três anos, Jesus passou com seus discípulos muitos anos. Eles deitavam a cabeça no peito de Jesus e ouviam seu coração, ouviam suas palavras, promessas e profecias. Nós precisamos ser muito sensíveis ao Senhor, porque também podemos senti-lo. E, mesmo convivendo com Cristo, os apóstolos esqueceram depois de muito do que viveram, porque o Mestre passou mais de três anos dizendo que Ele morreria e ressuscitaria.


Igreja, tantas coisas Ele fala conosco e esquecemos, por isso sofremos. Esquecemos das promessas e das falas de Jesus, de suas profecias, por causa de problemas que, dado o grau de dificuldade, perturbam nossa alma e nos faz esquecer, apavorar, chatear. 


Jesus foi sepultado, mas depois de três dias, ressuscitou. Eu sou muito menor que eles, mas teria ido até a porta do túmulo espera-lo. Algumas mulheres que a sociedade as julgava como as mais pecadoras de todas, acreditaram e correram ao túmulo, foram privilegiadas. A prioridade não foi aos discípulos, porque a prioridade para Deus é para quem acredita Nele, confia de todo coração, manifesta sua fé. 


Em Lucas 24: 13, vemos dois discípulos no mesmo assunto caminhando para Emaús, falando de Jesus. Embora abalados, entristecidos, frustrados, por esperarem e imaginarem um rei dos reis que erguesse espada e os libertasse dos romanos, enquanto Jesus mostrou que a libertação não era pela espada, mas através da fé e do amor. O mundo está pior por culpa do ódio, da ganância, da inveja, do desamor. 


O assunto dos dois era Jesus e como Ele sofreu. Eles não eram crentes que o Senhor ressuscitara, mas uma palavra na bíblia diz que onde dois ou mais se reunirem no nome Dele, Ele estará no meio deles. Esse é o nosso privilégio, igreja, se fôssemos dois ou três, Ele estaria em nosso meio, quanto mais entre tantos de nós.


Enquanto aqueles homens discutiam, o próprio Jesus se aproximou e ia com eles. Dependendo do assunto que acompanha nossas bocas, dependendo de nossos pensamentos e conduta, quem vai conosco é o próprio Jesus. E tem chance de perder alguma batalha quem caminha com o próprio Jesus? Claro que não.


Quando Jesus entra no assunto, a causa é ganha, mas é preciso fé. Aqueles homens haviam esquecido que Jesus disse que ressuscitaria. O Senhor se aproximou deles sem se apresentar. Se esses dois homens no caminho falassem mal de Jesus, Ele não apareceria a eles. Ele perguntou do assunto, para ouvir como os homens O descreveriam e ficou maravilhado com o que aqueles homens traziam em seu coração, elogiando a Jesus.

Os próprios sacerdotes entregaram a Jesus para morrer, por pura inveja. Acharam que acabariam com o movimento Cristão, mas Jesus ressuscitou. Colocaram guardas no túmulo Dele, mas Ele passou pelos guardas e eles não viram. Quando contaram aos sacerdotes, ouviram ordens para dizer que os discípulos roubaram o corpo e pagaram para garantir a corrupção do assunto. Estavam cegos, nem pensaram que, se Jesus teve poder para ressuscitar, imagine o que poderia fazer com eles.

Esses guardas não viram a Jesus, mas aqueles que falavam bem Dele, a eles o Senhor apareceu. Que Ele também apareça em sua vida, restaurando sua vida, seus caminhos, seu corpo, sua esperança, te dando qualidade de vida. Você quer isso? Fale bem de Jesus. Se a casa estiver boa ou se a casa cair, fale bem Dele.


No Salmo 34, Davi se fingia de louco e ainda assim dizia que falaria bem de Deus em todo o tempo e louvaria ao Senhor continuamente. O diabo pressiona e causa problemas para nos ver murmurar e blasfemar, tenta nos jogar contra Deus. Repreenda-o, mande-o embora, diga que o Senhor está contigo. Não fale mal de Deus. Esses homens estavam mal, moídos, mas porque falaram bem de Jesus, Ele estava com eles. 


Quando Jesus apareceu para eles, era o fim do dia e eles se preocupavam, se chateavam que fazia os três dias e Ele não havia voltado, ficamos tão cegos que nem percebemos que o Senhor já chegou na nossa vida, em nosso meio. As mulheres haviam avisado aqueles dois homens que o túmulo estava vazio e mesmo assim eles não percebiam, porque havia a perda da esperança, na falta de fé.


Depois de ouvi-los, Jesus os chamou de lentos para se lembrarem do que Jesus dizia a seu respeito a eles. Ele então se despediu para continuar, sem dizer quem era, mas eles pediram e constrangeram para que Ele ficasse com eles, pois era tarde. A bíblia diz para sermos hospitaleiros porque podemos estar recebendo anjos. 


Quando Jesus sentou-se à mesa e partiu o pão, então eles O reconheceram, mas ele desapareceu. Se você não for tardio de coração, você O perceberá enquanto está conosco, não quando desaparecer. Abra seus olhos, pois Ele só faz milagres e maravilhas em nossas vidas porque está conosco. Eles reconheceram a Jesus quando Ele lhes deu o pão e quantos também só acreditam quando Jesus entrega algo para eles, seja sucesso, cura ou o que esperam, mas se você perceber antes que Jesus está com você, não lhe faltará absolutamente nada.


Perceba a Jesus na sua vida antes de ser abençoado, para que exista alegria em sua vida. Você não pode reconhecer Jesus apenas no partir do pão, você deve reconhecer a Jesus em toda e qualquer circunstância da sua vida. Não apenas na fartura, mas em todo tempo, ainda que seus momentos não sejam dos melhores.



Apóstolo Valdemiro Santiago
Igreja Mundial do Poder de Deus